Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

centaurius

Na mitologia grega, o centauro (em grego Κένταυρος Kentauros, "matador de touros", plural Κένταυρι Kentauri; em latim Centaurus/Centauri) é uma criatura com cabeça, braços e dorso de um ser humano e com corpo e pernas de ca

centaurius

DEMOCRACIA/25

No rescaldo, das comemorações do 25 de Abril de 1974, e revisitando o tempo passado desde então, sinto-me obrigado assumir de forma pública, o respeito enorme que tive e tenho pelos seus intervenientes, pelos continuadores da obra, e pelos seus incansáveis defensores. Porque a DEMOCRACIA foi a sua conquista maior, desagrada-me admitir que o seu efeito ainda se encontra longe, e afastado da sua verdadeira essência, sendo verdade em teoria, é de fato mentira na prática. (Vê-se o Parlamento, e a retórica debitada todos os dias, com inteligência, e sem esta, com cordialidade ou azedume, e até muitas vezes de má criação, porque o que está em causa, quase sempre é a defesa do partido, partidos, ou famílias politicas, e não o que realmente conta, a defesa do País, e dos seus cidadãos/ãs) O respeito pelos outros, e pelas suas ideias, comportamentos, politica, religião cor, etc. mesmo sendo diferentes, sendo uma atitude democrática, é humana. (o homem aposta tão pouco em si). Aqueles, e aquelas que se serviram em seu proveito, em proveito das suas famílias, dos seus amigos, e das suas clientelas, usando, a confiança e o poder que lhe foi atribuído, através dos votos dos seus pares, para a criação de um lugar, freguesia, cidade ou Pais, melhor para todos, com justiça, e bem-estar social, que assim acaba por não acontecer, acabando por contaminar as economias, sendo no fim todos nós seriamente prejudicados, estes e, estas são verdadeiros obreiros da impotência da democracia. A democracia enriquece-se com a diferença, com pessoas de direita, com pessoas de esquerda, com pessoas do centro, com católicos, protestantes, hindus, com pretos, brancos, amarelos ,pobres ,e ricos. Mas nunca com os atrás referidos. A Democracia, não pode ser só palavras.

Jardim Gonçalves, e outros, notas para futuro

Jardim Gonçalves Viatura, motorista, avião particular, segurança particular) no momento da aposentação. Reforma de 175 mil euros por mês. Ricardo Salgado Ricardo Salgado vai ter uma reforma anual superior a 900 mil euros por ano, acrescida de um seguro de Saúde Vitalício Em 2012 e 2013 não recebeu nenhum prémio mas em 2010 e 2011 acumulou quase um milhão de euros Já entre 2005 e 2009 a política de remunerações «variáveis» no BES foi bastante generosa uma vez que o relatório do governo das sociedades de 2005 aponta para um montante discriminado de 4,6 milhões de euros aos elementos da Comissão Executiva do banco A falência do banco americano Leman Brothers em 2008 desencadeia a crise das dívidas soberana e os prémios pagos subiram, atingindo um máximo de 8,8 milhões, referentes ao exercício de 2007. BES pagou 12,7 milhões de euros em remuneração aos gestores executivos. Em 2007, o ordenado estimado do presidente executivo foi de 789 mil euros. Antonio Mexia A maioria dos gestores das grandes empresas nacionais viu o seu Ordenado aumentar em 2008. A remuneração mais alta pertence a António Mexia, líder da EDP, que recebeu 1,26 milhões de euros António Mexia, presidente executivo da EDP, foi aquele que recebeu o maior salário no ano passado - 1,26 milhões de euros José Honório Com uma remuneração de 905 mil euros no total de 2008, José Honório, presidente da comissão executiva da Portucel-- Soporcel, é o terceiro da lista Brisa Já os gestores da Brisa viram o seu salário aumentar 122 mil euros em apenas um ano. Segundo a média, Vasco de Mello, presidente executivo da concessionária nacional, recebeu no ano passado um vencimento anual de 793 mil euros REN, onde os ordenados da comissão executiva mais do que duplicaram, passando de 1,3 milhões em 2007 param 3,3 milhões em 2008 Millennium bcp foi uma das poucas empresas que reduziram os salários dos executivos em 2008, passando de 4,7 para 3,4 milhões de euros. Estes valores referem-se sempre a ordenados fixos, já que aquela instituição bancária não atribuiu remunerações variáveis aos seus gestores nestes dois anos. Banif está de saída do mercado brasileiro, onde tem uma operação muito pequena. Isto não impediu a atribuição de um prémio de gestão de 533,7 mil euros à administradora do Banif Banco de Investimento do Brasil, a que se junta um salário de 448,6 mil euros. Conceição Leal recebeu o triplo do que ganhou o presidente do banco Jorge Tomé, CGD José de Matos O presidente da CGD é um dos menos bem pagos da banca nacional. Recebeu em 2014 uma remuneração fixa de 232.095 euros, bastante abaixo do que o seu antecessor, Faria de Oliveira, ganhava em final de mandato, mais de 360.000 euros em 2010. Recorde-se, no entanto, que, em 2011, quando assumiu funções na CGD, José de Matos recebia cerca de 120.000 euros, tendo entretanto quase dobrado esse valor no ano seguinte quando optou pela remuneração média mensal dos três anos imediatamente anteriores ao de início de mandato na CGD. Uma situação permitida pelo Estatuto do Gestor BCP Nuno Amado Substitui o anterior presidente do BCP, Carlos Santos Ferreira que, em 2010, ganhava um total de 647.158 euros, pagos pelo BCP e participadas. Nuno Amado assume a liderança do banco em 2012 BPI Fernando Ulrich Levou para casa um total de 1,1 milhões de euros em 2014, entre salário fixo, reposição de salário, prémios e reposição da componente variável, relativos ao período em que o banco esteve intervencionado pelo Estado Apesar do BPI ter pago a totalidade do empréstimo voltou a registar prejuízos em 2014, no valor de 163,6 milhões de euros. O saldo dos últimos quatro anos é também negativo em 130 milhões de euros. BPN Ricardo Oliveira, empresário acusado no processo BPN, declara o salário mínimo nacional de 505 euros.

No meu alpendre, noites de Primavera assim

Raios de sol a surgir a medo, logo impedidos de nos chegar pela intensidade das nuvens negras, além menos, além mais, mais negras ainda, a tarde já passou, já é noite, a instantaneidade de um raio excessivamente luminoso num vermelho, azulado esvaídos sai das nuvens, e num zigzaguear, quase belo mas aterrador, cai na terra, parece-me que é lá longe, não, era perto, já que quase de imediato, suou um enorme trovão, que talvez por medo me fez sentir a terra tremer, seguiram-se ecos deste, longe, mais longe, desaparecendo na escuridão da noite. O meu cão que assustado ladrava quase desesperado, começou também a ladrar com tranquilidade, como se assumisse a responsabilidade daquele final. A noite sem frio, sem vento parecia tranquila e estava bonita, de repente começa a cair chuva, tanta chuva que parecia a natureza ter perdido o controle das suas manifestações, recolhi a casa, ainda ouvia o napolião,á porta de casa, a rosnar de quando em vez, como se quisesse afastar o temporal, e continuava a chover, tanta chuva, já não sei quando, e como terminou, porque dormi com ela.

politica desde sempre

Temos uma classe política de sucesso, não se compreende por que somos um dos países da Europa que mais mal trata os seus cidadãos? Mais de um terço dos comissários que fizeram parte do segundo executivo de Durão Barroso na Comissão Europeia aceitou empregos em empresas e organizações que os colocam numa posição em que podem fazer lóbi à Comissão Europeia. Durão Barroso é quem acumula mais postos neste período pós-Comissão, pelo menos notificados, com 22 cargos em diferentes organizações. Os 22 postos de Durão Barroso: 1. Membro do Institute of Public Policy de Belgrado 2. Chairman da UEFA Foundation for Children 3. Professor visitante da Universidade de Princeton 4. Membro do conselho consultivo da McDonough Shool of Business, da Universidade de Georgetown. 5. Membro do conselho internacional da Ópera de Madrid 6. Membro da administração do The Europaeum 7. Membro do Steering Group das Conferências de Bilderberg 8. Atividades no Fórum Económico Mundial 9. Professor honorário do Instituto Politécnico de Macau 10. Membro do conselho consultivo do Women in Parliament 11. Membro honorário da administração da Fundação Jean Monnet para a Europa 12. Seminários e palestras na Universidade Católica de Leuven 13. Professor Visitante da Universidade Católica Portuguesa (Lisboa) 14. Eventos com o Speakers Bureau in Londres e Washington 15. Professor visitante da Universidade de Genebra 16. Seminários e palestras na Universidade de Genebra 17. Professor visitante do Graduate Institute of International and Development Studies de Genebra 18. Professor visitante na Universidade da Califórnia 19. Co-Presidente honorário do Centro Europeu para a Cultura 20. Presidente honorário do comité honorário da European Business Summit 21. Presidente emérito do Teneo Leadership Institute da Universidade de Cornell 22. Presidente da Fundação do Palácio das Belas Artes de Bruxelas

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.